Até croquis de guardanapo têm proteção autoral

Não só projetos, mas até mesmo os “esboços” arquitetônicos geram direitos autorais aos seus criadores, por força da Lei 9.610/98 e da Convenção de Berna, da qual o Brasil é signatário.

Cesar Pelli. Cortesia de NewSchool and AIAS San Diego

Por agregar esse fato ao de que a proteção dos direitos autorais independe de qualquer tipo de registro, foi ressaltado no livro Arquitetura e Engenharia com Direitos Autorais que: “Até um esboço de projeto, desenhado em um guardanapo de papel durante um jantar de negócios, goza de proteção autoral, sem nenhuma necessidade de prévio registro.” (2013, pág. 60)

Recentemente, foi publicado no ArchDaily Brasil um artigo sobre croquis de guardanapo feitos por arquitetos famosos (1) e que pode ilustrar um pouco sobre o tema.

Leandro Vanderlei Nascimento Flôres, em 23/junho/2015.

Citações:

(1) Rosenfield, Karissa. "17 croquis de guardanapo feitos por arquitetos famosos" [17 Napkin Sketches by Famous Architects] 18 Jun 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado 23 Jun 2015. <http://www.archdaily.com.br/br/768632/17-croquis-de-guardanapo-feitos-por-arquitetos-famosos>

 



Compartilhe

Deixe seu comentário:

Nome*: Email*:
Site: Seu email não será divulgado!

Comentário*:



Comentários anteriores:

Não existe nenhum comentário cadastrado.